RELACIONAMENTO, SEXUALIDADE **** POSSE
Relationships

Nossa sociedade ainda não sabe bem como desenvolver relacionamentos, se soubesse não teríamos tantos conflitos pessoais, emocionais, profissionais, culturais, de estado etc...

Um relacionamento sempre começa em nós. o que temos para dar, o que queremos dar, o que queremos receber, ou muitas vezes tomar. Nesses caminhos o carinho, amor, são soterrados pela posse, domínio, surdez **** consequente sofrimento. Seja com as dificuldades do dia a dia, seja com nossa própria dificuldade em ouvir, respeitar **** mesmo discordando, dar apoio.

Companheirismo é essencial para um relacionamento, seja ele de que natureza for. No relacionamento pessoal, precisamos despertar para o fato de que amor, ****, carinho, não tem nada a ver com posse. O mais importante no relacionamento é estar lá quando seu companheiro(a) precisa. Isso, independente das decisões que ele(a) tome. Conversar sobre o desejo ou intenção de cada um **** descobrir como dar apoio às suas necessidades para que ele(a) se realize **** encontre seu caminho sua felicidade.

Temos a visão equivocada de que se está comigo deve ser assim **** fixo limites meus para ele(a) **** vice-versa. Isso é uma construção do medo com o qual fomos criados, de que se eu não tiver o controle da situação, tudo será perdido. O amar, principalmente, é querer bem a seu companheiro(a). Somos como sementes a despertar, a viver experiências reais que edifiquem minha realidade pessoal **** que nela nos realizemos. No amar, dar apoio a seu companheiro é essencial, mesmo que isso leve a caminhos diferentes.

Se nascemos, nascemos para nos relacionar, sofrer contato, atrito, que permitirá que nos transformemos, que nos descubramos, que evoluamos, que realizemos nossa missão de vida. O exercício da liberdade de escolher é essencial para a tal felicidade **** o maior amor é o amor incondicional onde se ama, quer o bem, se dá suporte, carinho **** companheirismo para os sonhos, desejos **** necessidades do ser amado. Assim, entre acertos **** erros, a verdade de cada um prevalecerá **** cada vez mais se estará perto de ser feliz **** de poder compartilhar essa felicidade. Olhando pontualmente o ****, precisamos nos perguntar se vamos a ele para ter ou para dar prazer. Seu vou para ter prazer, vou para receber, talvez não dê, talvez apenas queira retirar energia da situação **** o outro obviamente se sentirá vazio ao final. Imaginemos termos a intenção de oferecer, nisso temos o ponto de encontrar o que o outro busca, de como podemos fazer ele ter a melhor experiência possível. Isso preenche o outro, realiza-o nos limites de que ele(a) deseja. Imaginemos então ambos terem esse mesmo olhar **** carinho, o de oferecer, o de realizar as fantasias **** necessidades do outro. Com certeza será a melhor experiência de suas vidas.

Ampliando se esse amar, podemos nos descomplicar **** abrir esse carinho **** entrega para a vida, para os amigos sem a posse, mas com o olhar de quem apoia **** oferece carinho **** cumplicidade. Mesmo que dê errado, estarei aqui para te apoiar.

Isso pode se desenvolver tanto no social quanto no pessoal, dar prazer a sua companheira pode ter a ver com o momento de vocês dois ou do que quer que viaje no imaginário dele ou dela. Se amamos **** ao dar a companheira a realização de seus sonhos para experiência-****, muitas vezes isso se expande para situações em que ele(a) precise uma experiência com outras pessoas ou que mais pessoas possam ser convidadas possam ser convidadas para compartilhar de um momento até íntimo. A posse não tem a ver com nada disso. Por isso autoconfiança, companheirismo, amor **** doação devem ser os dirigentes de uma relação.

Falo aqui de que apenas uma pessoa autoconfiante **** amorosa é capaz de construir um futuro feliz, com ar, calor **** acolhimento, independente do rumo que sua relação tome, tomará o caminho que tem de ser, pois cercear, podar **** controlar não garantem um futuro promissor para a relação. Cria pessoas frustradas que finalmente irão ter suas experiências as escondidas criando rupturas **** distanciamentos cada vez maiores.

Acredito realmente nisso **** gostaria de entender qual a dimensão do amar...

Amo até onde?

Tem limite?

Como dizer sem ser egoísta ou irresponsável algo como; “ame até aqui apenas, não ame mais que isso ou aquilo, ( tudo dentro **** limites que EU acho melhor para você

Afeto se tem **** se dá, **** quanto mais se dá mais se tem...

Lógico que relacionamentos podem ser eternos, enquanto alimentados **** acolhidos constantemente. Omarido ou mulher que trai, trai a confiança de um acordo, de um alinhamento prévio. Não trai porque dorme com alguém, mas porque não é verdadeiro. Há como haver companheirismo, fidelidade **** respeito em todo tipo de relação, quer se seja hétero, gay, bi ou poli...

 

Amanhã tem mais... bjs

P.S.

Podem comentar **** fazer perguntas que terei prazer em acolhê-las **** responder da melhor forma possível.

Zen

 

 


Jun 27, 13 8:57 PM

Comments

Ask her for a photo
This member doesn't have a photo, click to ask her to upload a photo
Dengosa Blog

Se possível me chama no papo particular...

8/10/13 7:25 PM

18 U.S.C. 2257 Record-Keeping Requirements Compliance Statement
scamcheck

BeNaughty ranked #8 among all UK websites
in the Hitwise Lifestyle - Dating industry, based on
market share of visits in January - December 2011.